Gasolina, etanol ou elétrica? Entenda as diferenças

Saiba a diferença entre abastecer a motocicleta com álcool ou gasolina e a diferença entre a motocicleta elétrica e a de combustão interna.

Você sabe a diferença entre abastecer uma motocicleta com gasolina ou com etanol ou a diferença entre uma motocicleta tradicional e uma motocicleta elétrica? Se não sabe, fique tranquilo, nós vamos te explicar!

Atualmente, as motocicletas são ótimos veículos de transporte quando se trata de economia e praticidade. As motos têm um consumo menor de combustível, o que as tornam muito econômicas e uma boa opção para quem precisa se transportar pela cidade.

Nesse sentido, nós vamos explicar as principais diferenças entre abastecer a motocicleta com etanol e gasolina, e qual a diferença da motocicleta elétrica e a motocicleta à combustão interna. Além disso, vamos mostrar as vantagens das três opções e qual delas seria a melhor escolha para você.

Quais as diferenças entre as motocicletas?

Eventualmente, se você possui uma motocicleta com motor flex, você já deve ter se perguntado “É melhor abastecer com gasolina ou etanol ?” e continuou na dúvida.

Você já pensou se a motocicleta elétrica seria uma boa opção? Esse modelo com uma nova tecnologia traz vantagens aos motoristas e é uma ótima opção no mercado.

Na hora de escolher uma opção entre as três, é importante entender as suas diferenças e qual opção se adequa mais a sua situação.

Motocicleta à combustão interna

A motocicleta tradicional possui um motor à combustão interna, ou seja, o combustível é queimado internamente. Esse motor transforma a energia proveniente de uma reação química em energia mecânica.

As motocicletas tradicionais aceitam gasolina ou etanol nos seus motores para realizar a combustão, mas existem os motores flex, que aceitam ambos os combustíveis.

Motocicleta a gasolina

Abastecer a motocicleta com gasolina garante uma maior autonomia, já que o motor não a consome em grande quantidade. No entanto, abastecer com gasolina é mais caro do que abastecer com etanol.

Dessa forma, para quem vai utilizar a motocicleta apenas na cidade, é mais indicado abastecê-la com gasolina, pelo tanto de paradas que se faz no trânsito urbano, o que pode aumentar o gasto de combustível.

Motocicleta a etanol

A princípio, a principal vantagem de abastecer com etanol é que a produção de resíduos no motor é bem menor do que quando abastecida com a gasolina. Com o tempo, esses resíduos podem danificar o motor e causar problemas, por isso evitá-los é uma boa opção.

Além disso, o etanol é mais barato do que a gasolina e por isso, muitas vezes acabam sendo escolhidos para abastecer a motocicleta. No entanto, o consumo de etanol pela moto é muito maior do que o consumo de gasolina, ou seja, a moto “bebe mais” quando abastecida com etanol.

Quando se trata de viagens longas na estrada, o etanol e a gasolina tem um consumo parecido e o etanol pode ser uma boa opção por ser mais barato.

Motocicleta elétrica

As motocicletas já são opções mais econômicas que os carros, mas podem se tornar ainda mais econômicas sendo motocicletas elétricas. Esses modelos chegaram ao mercado não faz muito tempo, mas vêm conquistando muitos motoristas.

As motos elétricas precisam ser carregadas antes de usá-las, pois são movidas a energia elétrica. Além disso, elas não são classificadas por cilindradas ou cavalos de potência, mas sim pela potência do seu motor elétrico.

Nesse sentido, as motos elétricas não têm um alcance tão alto de quilometragem, por exemplo, um dos melhores modelos e mais caro consegue percorrer 320 km com uma única carga, o que não seria interessante para quem pretende percorrer estradas com esse tipo de moto.

Além disso, para carregar a bateria completamente são necessárias, no mínimo, 6 horas. A autonomia da motocicleta também pode ser reduzida por fatores como o calor, a aceleração constante e o aumento da carga na moto, ou seja a subida e descida de um motorista e uma pessoa na garupa.

As motocicletas elétricas são quietas, ou seja, esqueça barulhos de escapamento. Outro detalhe é que essas motos não trazem designs inovadores que agradem o público que ama motocicletas.

No entanto, se você utiliza a moto para trajetos no trânsito urbano e não se importa com a necessidade de carregar a bateria da moto, a motocicleta elétrica é uma ótima opção para você quando se trata de economia.

Ah, não pense que as motocicletas elétricas não necessitam de CNH como muitos acreditam. As motocicletas elétricas foram oficialmente enquadradas na condição de ciclomotor e para conduzi-las é necessário possuir habilitação na categoria A ou a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores).

Regra dos 75%

Para saber qual opção é a melhor na hora de abastecer, você pode aplicar a regra dos 75% realizando alguns cálculos.

Encha o tanque da moto (até o desarme da bomba) e zere o hodômetro parcial, ou anote o número, e rode uma certa distância. Depois de percorrer essa distância, complete o tanque mais uma vez (até o desarme da bomba).

O cálculo é simples: você deve dividir a quantidade de litros abastecida pela quilometragem da distância percorrida. Por exemplo: um automóvel que faz 12 litros em 100 km percorridos tem uma média de 8,3 km/l.

Nesse sentido, esse cálculo serve para verificar qual combustível é mais econômico em função do preço da bomba. Para isso, você deve dividir o desempenho do etanol pelo desempenho da gasolina da sua moto, por exemplo, se ela faz 7,3 km/litro com etanol e 10 km/l com gasolina, divida esses valores e você terá o resultado de 73%.

Em seguida, você deve calcular a relação do preço etanol/gasolina na bomba do posto de combustível, dividindo o valor do etanol pelo do da gasolina.

Ainda com o exemplo anterior (do desempenho da moto de 73%), se o cálculo da bomba também resultar em 73%, você estará economizando ao optar pelo etanol. O etanol se torna uma opção mais econômica se custar até 75% do preço da gasolina, ou, em outras palavras, caso seja 25% mais barato.

 A Wolf Racing é uma empresa no segmento de peças e acessórios para motocicletas. Para saber mais sobre a Wolf, acesse o nosso site e conheça a empresa, nosso catálogo e produtos clicando aqui.

Se você gostou desse post sobre motocicleta e as diferenças entre gasolina, etanol e elétrica, você pode  encontrar muitos outros posts e dicas no nosso blog clicando aqui.

No Comments

Leave A Comment